Sistema TMS Por que as empresas de transportes precisam dele

Sistema TMS MSV Cloud

Uma empresa de transporte que não possui um Sistema TMS, sigla para Transportation Management System (em português Sistema de Gerenciamento de Transporte) corre um grande risco de ficar para trás no mercado.

O TMS trata-se de uma das principais soluções a serem usadas na gestão logística de uma empresa, sendo a responsável pela promoção da integração da gestão completa.

Ou seja, em termos gerais, o sistema TMS auxilia as empresas de transporte a serem mais competitivas no mercado e ainda a garantir que os clientes estarão satisfeitos com o serviço prestado por elas.

Afinal, gerenciar o transporte de cargas de modo a que ele seja o mais eficaz possível é um dos maiores desafios para as empresas que possuem suas próprias frotas ou ainda para as que terceirizam o serviço de transportes.

A seguir, veja as principais funcionalidades do sistema TMS, que mostram o porquê de as empresas desse segmento sempre precisam dele!

SISTEMA TMS: CONHEÇA AS SUAS FUNCIONALIDADES

As empresas de transporte que contam com o sistema TMS conseguem obter os diferenciais que ele proporciona por conta das suas inúmeras funcionalidades.

É o caso de conseguir um maior controle de todas as etapas de uma operação de transporte e garantir assim um maior controle sobre os gastos, conseguindo corrigir problemas e ainda investir mais atenção que está correto.

Tudo isso, claro, exige que haja um controle rigoroso sobre o processo, o que irá impedir a ocorrência de atrasos na entrega no local de destino ou ainda o roubo ou a perda de cargas.

O sistema TMS, que é extremamente bem estruturado, possui as principais funcionalidades que proporcionam um controle do processo da maneira mais eficaz possível.

Acompanhe a seguir quais são as funcionalidades principais do sistema TMS!

Controle operacional

Um controle operacional correto, em que haja um monitoramento rigoroso do processo, é uma das principais funcionalidades do sistema TMS.

Por meio do uso dela, a empresa pode registrar dados importantes, tais como:

  • O planejamento de rotas e a integração entre os roteiros, o que é importantíssimo para o caso de cargas fracionadas
  • A identificação de como é o comportamento do motorista do veículo durante cada viagem
  • O planejamento e o controle da manutenção dos veículos, tanto preventiva quanto corretiva
  • O diagnóstico dos pneus dos veículos de acordo com o número gravado em etiquetas
  • O controle total do estoque de peças da empresa, com a inclusão do registro dos componentes e ainda da localização de cada um deles
  • A avaliação sobre os engates e os desengates das carretas
  • A análise dos fretes
  • O rastreamento das cargas para maior segurança delas
  • A gestão de todos os documentos, incluindo os licenciamentos dos veículos e os impostos.


Controle de frotas

Por meio do sistema TMS, a empresa de transporte pode identificar os pneus, o que ajuda a fazer um monitoramento completo, como a posição dele e a quantidade de quilômetros que já rodou.

O uso do software TMS também ajuda a administrar melhor o consumo de combustível dos veículos por meio do conhecimento da frota.

Assim, caso qualquer item desses seja roubado, é possível que haja uma identificação rápida e que possa ser logo solucionada.

O sistema ainda permite que se envie relatórios gerenciais para a empresa, o que irá ser de suma importância para tomadas de decisões com maior segurança e assertividade.

Gestão de frotas da empresa

A gestão de fretes é outra funcionalidade importante do sistema TMS que faz com que ele seja tão essencial para as empresas de transportes.

Entre as funções do sistema na gestão de frentes, podem ser citados o controle das tabelas de fretes, o cadastro de cada empresa, das rotas e ainda das taxas pagas, a liberação dos pagamentos a serem feitos e recebidos, etc.

Indicação das rotas da empresa

A gestão de fretes é outra funcionalidade importante do sistema TMS que faz com que ele seja tão essencial para as empresas de transportes.

Entre as funções do sistema na gestão de frentes, podem ser citados o controle das tabelas de fretes, o cadastro de cada empresa, das rotas e ainda das taxas pagas, a liberação dos pagamentos a serem feitos e recebidos, etc.

Compartilhe este conteúdo com alguém.
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter

Artigos relacionados

LGPD: Como funciona

LGPD: Como funciona a Lei de Proteção de Dados e como pode afetar o seu negócio No mês de agosto de 2018, a Lei de Proteção de Dados, ou LGPD, foi

Ler conteúdo »